Defensoria questiona competência de Moro

Defensoria Pública da União pede a anulação de investigações ligadas à operação Lava Jato; a instituição, que representa um dos réus do caso, alega que interceptações telefônicas foram ilegais e que o caso não deveria ter passado pelas mãos do juiz federal Sergio Fernando Moro; “A eficiência a qualquer preço e o punitivismo ceifaram de morte a garantia constitucional prevista no artigo 5º, XII, da CR/88”, afirma a defensora pública federal Érica de Oliveira Hartmann

Source: www.brasil247.com

See on Scoop.itEVS NOTÍCIAS…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s